Por que o Fuleco sumiu da Copa do mundo? Entenda esse caso desagradável

8 comments

A Fifa anunciou o tatu-bola brasileiro como mascote da Copa do Mundo 2014 com o argumento de que a imagem desse animalzinho simpático poderia ajudar na caminhada de "proteção da natureza", mas nem mesmo na Cerimônia de Abertura ele apareceu.

Os mascotes das copas anteriores sempre compareceram nos campos, mas o Fuleco sumiu.

Rodrigo Castro, líder da Associação Caatinga (ONG que propôs o mascote) revelou que a Fifa não cooperou satisfatoriamente com a instituição e nem no auxílio à preservação da espécie.

Tatu bola, do gênero Tolypeutes, é um animal exclusivamente brasileiro.

Segundo Rodrigo, a bilionária (que somente nessa copa faturou mais de US$ 2,5 bilhões) propôs um acordo de última hora, que seria de US$ 300.000 (trezentos mil), doados ao longo de 10 anos (!). Segundo a ONG, a proposta foi " indecorosa ".




A felicidade da instituição de Rodrigo quando soube da escolha da Fifa em 2012 virou tristeza com a negativa da Fifa em ajudar na preservação do animal que está ameaçado de extinção.

"Eles ofereceram um trocado, um dinheiro que sobrou do programa de neutralização de emissão de carbono deles", afirmou Castro.

Tatu Bola

De acordo com a ONG, o valor oferecido pela Fifa não teria impacto no programa de preservação da espécie que vive nas matas de caatinga do sertão nordestino.

"Daqui a 40 anos, as pessoas vão lembrar dos jogos e do campeão da Copa, talvez até lembrem do mascote Fuleco. Mas nessa época o tatu-bola pode estar extinto, e as pessoas nem irão lembrar dele", lamenta Castro. A ONG ainda tinha esperança de uma nova oferta da Fifa até o final da Copa, mas isso nunca aconteceu.




Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 comentários:

  1. Essa foi a copa mais ordinaria que ja se viu no mundo do futeboll, De uma certa forma foi bem feito para os Brasileiros, Pois nem assim souberam dar o troco. Que seria não ir as urnas e não reeleger A Sr.Dilma Roussef, agora reclamam dos preços de tudo. Essa é A Dilma que ama o seu país, dando-lhes noites e noites de insônia por temer não poder pagar seus alugueis e suas respectivas contas. Aordem aprendam a VOTAR

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tem algo que é secreto e de livre escolha do cidadão é o voto, esteja ele certo ou não, não é de competência de ninguém, nem de um juiz, num tribunal, julgar. Portanto, seu comentário é infeliz. Nada a ver fuleco com eleição. Descontextualizado. Redação nota ZERO.

      Excluir
  2. Quando os Brasileiros começarem a ter mais memória e ler mais sobre seus futuros condidatos ai talvez, eu disse talvez as coisas melhorem, O Brasileiro tem direitos que nem sabem que tem porque. Porque não procuram saber se deixam enganar por uma mera bolsa família e outras cositas mas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o Fuleco, a grana para a preservação do tatu, esse é o tema, e não eleição.

      Excluir
  3. Quando os Brasileiros começarem a ter mais memória e ler mais sobre seus futuros condidatos ai talvez, eu disse talvez as coisas melhorem, O Brasileiro tem direitos que nem sabem que tem porque. Porque não procuram saber se deixam enganar por uma mera bolsa família e outras cositas mas.

    ResponderExcluir
  4. A fifa ganhou muito aqui, mas ein Qatar nem te conto.

    ResponderExcluir
  5. A Fifa ganhou muito mais do que só o lucro obtido com a copa. Eles ganharam para eleger o Brasil como sede da copa de 2014. Já foi comprovado que a Fifa vende essas eleições. 7 dirigentes da instituição foram presos, entre eles um brasileiro. O problema está na supervalorização de um esporte. O futebol é uma droga, e como tal vicia e só dá lucros aos que o comandam e nunca aos que o consomem.

    ResponderExcluir
  6. Eu acho que o Tatu foi a escolha certa: depois do vexame, ninguém melhor que o tatu para se esconder baixo a terra

    ResponderExcluir