O assustador suco medicinal peruano que você nunca vai querer tomar!

1 comment
suco medicinal peruano

O Peru é um lindo país, com muitas atrações turísticas espetaculares, como Machu Picchu, por exemplo. Mas caso você esteja pensando em algo mais radical e exótico, lá mesmo no Peru, você pode encontrar algo muito especial: um delicioso e medicinal suco de Rã!

Não, você não entendeu errado...O tal suco é feito com Rã mesmo! Sim, aquela que é parente do sapo ou da perereca, e que no Brasil é até uma iguaria razoavelmente conhecida. Só que aqui nós comemos rãs fritas, assadas ou cozidas, na forma de um prato salgado, e não confundimos elas com acerola...

Suco de sapo

A receita desse "delicioso suquinho",que é normalmente encontrado em vilarejos nos Andes e também em várias barracas na capital Lima é bem simples.




Ingredientes: Cenouras, mel, raízes de maca peruana (um tipo de batata dos Andes) e uma rã viva (!).

Modo de preparo: o simpático vendedor de sucos tira do aquário uma rã vivinha da silva e a mata ali mesmo, na sua frente, estapeando-a miseravelmente contra o balcão. Depois tira sua pele e a joga no liquidificador com os demais ingredientes. Após bater bastante a mistura, o suco ganha uma cor verde sapo nem um pouco apetitosa...

Suco verde de rã

Bem, de qualquer forma eles tem uma boa explicação pra esse suco tão típico: várias culturas andinas acreditam que esse suco cura anemia, asma, bronquite, problemas respiratórios, fadiga, falta de desejo sexual, tuberculose e muito mais! Ou seja, segundo os vendedores, seria bom pra quase tudo que um pobre moribundo poderia ter...

Suco de rã

Mesmo assim, ainda não há nenhuma comprovação cientifica dos benefícios dessa iguaria. Então se você ficou interessado no grande poder curativo dessa especialidade local, seria altamente recomendável aguardar análises mais profundas, antes de meter os pés pelas mãos e sair tomando suco de rã em Machu Picchu...




Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário: