7 segredos que os hotéis não contam aos seus hóspedes

9 comments
7 segredos que os hotéis não contam aos seus hóspedes

Você pode até achar que os únicos hotéis suspeitos são aqueles bem baratos, que já dá pra desconfiar só de passar na frente, não é mesmo?

Porém, o que você não deve saber é que mesmo as grandes redes de hotéis podem ter seus probleminhas (ou às vezes até um problemão!), até porque é bem difícil controlar todos os aspectos que envolvem a segurança, a limpeza e a higienização.

Por isso fizemos essa lista que te dá várias dicas sobre o que evitar quando estiver em um hotel, motel ou pousada.

Fizemos uma extensa pesquisa em sites e fóruns especializados, e conseguimos dicas valiosas de viajantes experientes e profissionais da área hoteleira. Não viaje antes de ver nossa lista, que pode salvar sua viagem, sua privacidade e até sua saúde:


7 - Evite armários e guarda roupas de madeira

Malas no Hotel
Muitos hotéis (inclusive de redes respeitáveis) tem problemas com infestação de percevejos e cupins. E eles são um grande problema para malas e bagagens em geral, e podem até empestear a sua casa depois, quando você voltar de viagem.  Uma bela dica é evitar aquelas esteiras de madeira especiais para malas nos quartos, e deixar sua bagagem sobre piso de cerâmica ou móveis metálicos, que são locais onde esses insetos não prosperam. Até o chão do banheiro é uma boa opção, caso você não encontre nenhum lugar melhor no quarto!




6 - Cuidado com o olho mágico

Olho Mágico do Hotel
Pode até parecer paranoia ou cena do filme "Psicose", mas infelizmente não é... Outro item que passa despercebido, e é justamente esse o problema: o olho mágico pode ser manipulado (por quem quer que seja) para incluir uma câmera ou para funcionar ao contrário, permitindo que de fora, se consiga observar dentro do quarto. A primeira dica para se identificar problemas é examinar o olho mágico, ele deve sempre dar uma visão nítida, e se ele for pouco nítido, turvo ou com alguma mancha, ele pode estar comprometido. A segunda dica pra evitar uma invasão de privacidade é muito simples: tampar o olho mágico com um papel, adesivo, ou algo do tipo. E não se esqueça, se alguém bater à sua porta e não der pra ver quem é pelo olho mágico, não abra. Ligue para a recepção!


5 - Evite cafeteira e copos dos quartos

Cafeteira e copos dos quartos de hotel
Se você é daqueles que não consegue começar o dia sem um café, essa dica é valiosa, e veio diretamente de um ex diretor de uma grande rede de hotéis americana: evite aquelas cafeteiras ou chaleiras elétricas do quarto, e tome seu café na padaria ou qualquer outro lugar! Segundo ele, nunca se sabe o que os hóspedes anteriores fizeram com os tais objetos. O problema pode variar de vômito (!) a bitucas de cigarro... E aqueles copinhos na pia do banheiro são igualmente suspeitos, pois podem não ser tão limpos quanto parecem: normalmente os funcionários do hotel dão uma espanada ou passam um pano, ou simplesmente enxaguam com água da pia. Ele recomenda que os próprios hóspedes lavem os copos e xícaras com detergente.


4 - Banheiras suspeitas

Banheira de Hotel
As banheiras são sempre um item dos mais suspeitos, que merecem muita atenção. Segundo diversos fóruns especializados, os hotéis, motéis e pousadas, em geral, tentam ser muito cuidadosos com esses itens, mas claro que nem sempre conseguem deixá-los limpos de verdade, seja por simples acaso ou descaso... Viajantes experientes recomendam que você mesmo faça sua limpeza com álcool ou algum produto bactericida.


3 - Lençóis mais que suspeitos

Lençóis de Hotel
Em geral os estabelecimentos são bastante cuidadosos com isso também, mas em todo caso, não custa prevenir. Alguns profissionais do ramo de hotelaria alertam que, algumas vezes, as roupas de cama parecem bastante limpas, e algum funcionário (por inocência ou preguiça mesmo) pode não trocá-las, julgando que tudo está em ordem. Infelizmente não há muito o que fazer nesse caso, a não ser prestar muita atenção nos lençóis, cobertores, fronhas e afins, e tentar identificar pelo cheiro ou aparência se eles estão mesmo adequados...


2 - O 2º objeto mais imundo do quarto:

Abajur de Hotel
Ele pode ser mais sujo que um vaso sanitário, e está bem ao seu lado. E pra piorar você mexe nele antes de dormir e depois ainda se contamina todo passando as mãos no rosto, olhos e tudo mais... O segundo objeto mais imundo é: ...o interruptor do abajur! Todos tocam neles várias vezes após fazer de tudo e meter a mão em tudo que se pode imaginar. Especialistas alertam que é recomendado limpar esses itens com algum produto bactericida antes de tocá-los. Você mesmo pode levar em sua bagagem algum paninho com bactericida.


1 - O 1º objeto mais sujo do quarto pode surpreender você:

Controle Remoto de Hotel
E chegamos ao nosso primeiro lugar da imundice, um ralo não consegue superá-lo na sujeira! E ele está na palma da sua mão: o controle remoto... Ele é sempre manipulado por inúmeras pessoas, e quase sempre é esquecido pelos funcionários da limpeza da maioria dos estabelecimentos. A boa notícia é que algumas redes de hotéis já introduziram o uso de controles remotos a prova d'água, que podem ser higienizados mais facilmente, mas se o hotel que você está ainda não tem esse diferencial (e provavelmente não tem mesmo...), cuidado: vale novamente a dica do salvador paninho com bactericida! Ah, e essa dica também vale pro telefone do quarto, que está "tecnicamente empatado" em 1º lugar...




Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

9 comentários:

  1. Muito válidas estas dicas , gostei. Já me deparei com hotel sem ducha no banheiro que é imprescindível para as mulheres que naqueles dias - vocês sabem quais - terminam tendo apenas a banheira como opção , um horror!!! parece mentira , mais existe. Eu incluiria mais um item nesta lista , as fronhas, muitas pessoas só dormem de travesseiros mas esquecem de levar fronhas em suas viagens.

    ResponderExcluir
  2. ADOREI A IDEIA DE ME HOSPEDAR NUM HOTEL PARA FAZER FAXINA KKKK

    ResponderExcluir
  3. Uma pessoa com toda essa preocupação não precisa pegar doenças, ela já é doente, é neurótico, e tem um problema psicológico muito sério.
    Precisa de ajuda profissional.

    ResponderExcluir
  4. Já agora, mais uma situação, embora não seja exclusiva de hotéis é algo que mexe com a higiene, evite tocar em dinheiro, pois quem sabe por onde esse dinheiro já passou, quando lhe derem câmbio ou pagamento em dinheiro não aceite, ligue para mim que eu corro o risco por você

    ResponderExcluir
  5. Já agora, mais uma situação, embora não seja exclusiva de hotéis é algo que mexe com a higiene, evite tocar em dinheiro, pois quem sabe por onde esse dinheiro já passou, quando lhe derem câmbio ou pagamento em dinheiro não aceite, ligue para mim que eu corro o risco por você

    ResponderExcluir
  6. Simplesmente uma miseria! Existem hoteis que realmente devem meter nojo so de ver por fora! mas so entra quem quer! Critique depois de saber! Trabalhei num hotel e nao acontecia nenhuma das suas dicas atras!! Miseravel!!

    ResponderExcluir