Castelos Medievais: os segredos e curiosidades que você sempre quis saber

5 comments
Castelos Medievais: os segredos e curiosidades que você sempre quis saber

Quando pensamos em castelos logo vem à nossa cabeça as imagens que nos acostumamos a ver nos filmes e desenhos. Mas na vida real as coisas são bem diferentes.

Antes de mais nada, devemos saber que castelo e palácio são duas coisas diferentes: os palácios são projetados e construídos com a intenção de ostentar e enaltecer seu nobre habitante, e por isso, normalmente são muito luxuosos, confortáveis, decorados com materiais raros, etc...

Castelos Medievais: os segredos e curiosidades que você sempre quis saber

Já no caso dos castelos, esqueça qualquer tipo de conforto... eles eram projetados com foco na defesa, e em geral não davam nenhuma prioridade ao conforto de seu habitante.

Reunimos uma lista com várias perguntas e respostas sobre os castelos, e com certeza você vai se surpreender com vários fatos e curiosidades:

Como eram construídos os castelos?

Castelos - motte-and-bailey
Em alguns filmes, como "Coração valente" por exemplo, você já deve ter reparado naquelas construções bem rudimentares de madeira, que mais se parecem com um "forte Apache". Essas fortificações eram chamadas de 'motte-and-bailey'. Os castelos normalmente começavam assim mesmo, como uma pequena fortificação improvisada sobre algum ponto mais alto da região, cercada pelas casas dos moradores logo abaixo. Com o tempo (e dependendo da necessidade de se manter aquela posição de defesa) o castelo ia "evoluindo", sendo reforçado com pedras pra evitar a fraqueza óbvia da madeira em relação ao fogo, e pouco a pouco, ia se tornando cada vez mais elaborado e impenetrável.




Quais as defesas dos castelos?

As defesas de um castelo medieval
[Clique na imagem para ampliar]

Os castelos tinham basicamente o simples objetivo de manter os inimigos do lado de fora, e pra tentarem cumprir essa finalidade, os criativos (e até cruéis) construtores e engenheiros imaginavam tudo e mais um pouco: fossos, torres, muralhas, buracos mortais, seteiras (que são aquelas fendas nas paredes usadas pelos arqueiros), buracos mortais no alto dos portões e paredes, por onde líquidos ferventes poderiam ser derramados sobre os infelizes invasores, eram algumas de suas armas.

Qual o segredo das escadas espirais nos castelos? 

Castelos - Escadas espirais
Talvez você nunca tenha reparado,mas até as escadas tinham seu propósito de defesa. Elas normalmente eram construídas em espiral e giram no sentido horário justamente para complicar a vida de qualquer invasor: quem subia a escada ficava com os movimentos do braço direito prejudicados pela parede central da escada, e não teria espaço para golpear com a espada. Já os defensores do castelo tinham uma posição vantajosa, acertando os inimigos de baixo pra cima, e com espaço suficiente do lado direito pra dar força ao golpe! A não ser que o castelo fosse atacado por um batalhão de canhotos, a batalha nas escadas já estava garantida, e um terrível massacre também...

Qual era o ponto fraco dos castelos?

Fraquezas de um castelo
Os castelos tinham inúmeros e terríveis meios para evitar um ataque, mas mesmo assim, o maior ponto fraco era justamente aquele onde não havia muito o que fazer: os poços. Como os castelos geralmente estão em pontos altos, era muito difícil construir um poço fundo o bastante dentro do castelo, portanto era essencial garantir a segurança dos poços que se localizavam mais abaixo, no vilarejo ao redor. Se os poços não estivessem bem protegidos, o castelo seria inútil, pois os invasores poderiam contaminar a água, e não haveria como resistir a um cerco com soldados morrendo de sede.

Existem muitos castelos no mundo?

Ruínas de castelo em Yorkshire
Depende... Existem muitos "locais de castelos" pelo mundo, e essa expressão “locais de castelos” é bem apropriada, já que a maioria dos locais são apenas ruínas, onde mal se consegue identificar alguma coisa que se pareça com um castelo. Nesses locais, a maioria dos castelos já nem existe mais, vítimas do tempo, das guerras, da falta de manutenção, etc. Mas muitos outros ainda estão bem preservados. Por isso, tome muito cuidado se você for visitar qualquer castelo, e tente pesquisar antes pra saber se ele é um "local de castelo" ou um castelo mesmo!

Os castelos eram confortáveis e luxuosos?

Interior de um castelo medieval
Lamentamos destruir a fantasia de muita gente, mas definitivamente os castelos não tinham praticamente nenhum luxo ou conforto. Era exatamente o oposto disso: essas construções eram voltadas para a defesa, sendo assim, eram extremamente desconfortáveis, úmidos, escuros, frios, e normalmente bem sujinhos. Mesmo os banheiros dos castelos eram apenas uma pequena e fria sala mal-cheirosa, com um humilde buraco, que levava os dejetos por arcaicas canaletas até o fosso por exemplo. Claro que com o passar do tempo melhorias iam sendo implementadas, como tapetes para tentar aquecer um pouco os ambientes, vitrais que davam alguma beleza, móveis, etc. Mas mesmo assim, os castelos nunca poderiam ser considerados realmente confortáveis. Conforto mesmo, só a proteção que eles ofereciam!  

Como era trabalhar em um castelo?

Como era trabalhar em um castelo?
Os empregados pessoais dos nobres geralmente eram tratados como se fossem um animal de estimação da família. E se você acha que isso era considerado ruim, se enganou! Os empregados se consideravam sortudos, afinal eles podiam dormir nos mesmos quartos dos donos dos castelos (que eram bem quentinhos com suas lareiras), eram os primeiros a comer os restos fresquinhos das delícias servidas nos banquetes, tinham roupas melhores (afinal estavam em contato direto com a nobreza e deveriam estar apresentáveis) e mesmo dormindo no chão, podiam contar com cobertores bons. Já o resto da criadagem do castelo não tinha essa sorte e provavelmente deviam invejar muito esses "cachorros de estimação da nobreza"...

O que os habitantes dos castelos faziam pra se divertir?

Castelo - Salão de banquete
As atividades diurnas incluíam caçadas e treinos de combate. Já dentro do castelo não havia muito o que fazer, além de jogar xadrez ou fofocar. Então a maior diversão "indoor" era comer mesmo! Bem parecido com o que fazemos hoje, não é mesmo? Os grandes festejos eram sempre os mais esperados, com muita comida e bebida, diversão com os "bobos da côrte", etc...




Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

5 comentários:

  1. Realmente uma boa postagem. Explicou muito bem!

    ResponderExcluir
  2. muito bom me ajudou e tirei a nota muito boa tirei 1 ponto mais valia um mas não se preocupem coloquei biografia obg

    ResponderExcluir
  3. eu coloquei o nome do blog para as pessoas conhecerem e participarem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Betriz, muito obrigado por divulgar nosso site. Abraços da equipe Curto e Curioso!

      Excluir