O Som que você pode enxergar: até sua música preferida pode ser vista!

Leave a Comment
O Som que você pode enxergar: até sua música preferida pode ser vista!

Quantas vezes você já se pegou dizendo que "viu uma música", ou que já "viu um som"? Pois é, essa afirmação pode até parecer um absurdo, mas não é!

Graças a ciência, você vai ter a chance de enxergar sua música de verdade! A 'cimática' é um ramo da ciência que está associado aos padrões e formas físicas produzidas pelas ondas sonoras.

O Som que você pode enxergar - até sua música preferida pode ser vista - Capa.jpg

O termo cimática foi criado pelo cientista suíço Hans Jenny, e deriva do grego kyma, que significa "onda", e kymatika, que significa "assuntos referentes a ondas".

Ou seja, através da cimática podemos, basicamente "ver um som" em padrões e formas produzidas pela sua vibração!




Existe até uma experiência simples que você pode fazer em casa mesmo, basta ter um aparelho de som com alguma potência, uma placa de metal, um pouco de areia e muita disposição pra fazer bagunça e barulho!

Cimática - Padrões de ondas sonoras

Com a placa de metal sobre uma caixa de som, basta tocar algumas músicas (pode até ser sua música preferida mesmo), e você já vai ver algumas formas incríveis, que serão essencialmente a forma física do som que você está ouvindo. Isso quer dizer que, finalmente, você vai poder ouvir e enxergar a sua música!

Cimática - Equipamento

Quanto mais alta a frequência, mais complexas serão as formas produzidas, que até se parecem com mandalas.

Claro que para produzir formas verdadeiramente bonitas, seria mais adequado um conjunto de ondas sonoras mais estáveis e contínuas, mas o truque também funciona razoavelmente com músicas.

Mas já avisamos: dependendo da variação de frequências da sua música, além do efeito não ser muito impressionante, você pode espalhar areia por toda a sua casa e incomodar muito os vizinhos!...






Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Postar um comentário