Gigante africana: o que fizeram com a maior árvore do mundo é incrível

1 comment
Baobá Gigante africano virou um Bar - a maior árvore do mundo virou um Bar

Modjadjiskloof é uma pequena cidade da província de Limpopo, no norte da África do Sul, e abriga aquela que é simplesmente a maior árvore do mundo: um baobá, espécie tradicional do continente africano, com 47 metros de circunferência e 22 metros de altura.

Através de datação por carbono, cientistas estimaram que essa gigante tem por volta de 1700 anos.

Baobá gigante virou bar - A maior árvore do mundo

E como se essa árvore já não fosse impressionante o suficiente por si só, ainda resolveram inovar e a transformaram em um bar!

Mas calma, ninguém precisou matar ou machucar a árvore pra fazer isso, não...

Baobá gigante virou bar - A maior árvore do mundo - Entrada do Bar

As árvores de Baobá, quando ultrapassam os mil anos de idade, começam a ficar ocas por dentro naturalmente, e como essa tem quase 2000 anos, ela formou duas verdadeiras "cavernas", com vãos de até 4 metros de altura no teto, que são interligadas por uma estreita passagem.




A família Van Heerden é dona da fazenda onde a árvore está localizada, e tiveram a ideia de transformar a famosa gigante em uma atração ainda mais interessante, dando utilidade ao espaço disponível em seu tronco, e criaram então um bar, com capacidade para até 15 pessoas, que já sediou alguns eventos e até casamentos.

Baobá gigante virou bar - A maior árvore do mundo - Entrada

Baobá gigante virou bar - A maior árvore do mundo - Salão 1

O local acabou ficando realmente muito típico e aconchegante, e atrai muitos turistas, que podem se hospedar na pequena pousada que a família mantém, ou apenas ter a experiência única de degustar sua bebida dentro de uma árvore milenar, que é provavelmente o bar mais exótico do mundo!

Baobá gigante virou bar - A maior árvore do mundo - Salão 2




Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

  1. É por isso que o pequeno príncipe não queria que as mudas de baobas vingassem em seu planetinha.

    ResponderExcluir