Mortes bizarras - as causas de mortes mais estranhas do mundo!

Leave a Comment
Mortes bizarras - as causas de mortes mais estranhas do mundo!

Morrer é algo normal, mas morrer de algumas formas bizarras é um privilégio para poucas pessoas que conseguiram marcar seu nome nos obituários do mundo com suas causas de mortes inacreditáveis...

Sim, pode acreditar: morrer de rir, morrer de tosse, morrer de soluços é só o começo, e tem gente que conseguiu a proeza de morrer da causa mais estranha que você já viu!

Acompanhe nossa superlista das causas de morte mais bizarras do mundo e da história, e se surpreenda com as formas mais estranhas e impensáveis de se morrer por aí...


Causa de Mortes bizarras na Antiguidade

Mortes bizarras - Antiguidade

Sufocado por mantos: Drácon, legislador ateniense, 620 a.C. - Morreu sufocado por diversos mantos, jogados sobre ele como presentes de seus admiradores, em um teatro em Égina;
Telhada na cabeça: Pirro, o conquistador, 272 a.C. - Plutarco registrou que o conquistador que deu origem a expressão "Vitória de Pirro", morreu nas ruas de Argos após ser atingido por uma telha jogada por uma idosa. Tonto com a pancada, ele acabou atacado e morto por um soldado argiense;
Isolamento e  fome: Filetas de Cós (intelectual grego) 270 a.C. - Conforme o relato de Ateneu, Filetas de Cós teria se isolado para estudar argumentos e palavras usadas erroneamente,  e definhou-se em seus aposentos até morrer de fome;
Morrendo de rir: Crisipo de Solis (filósofo grego) 207 a.C. - Segundo registros históricos, Crisipo morreu de rir enquanto via seu burro que estava bêbado (não nos pergunte como e porque...), tentando comer figos;

Crisipo de Solis (filósofo grego) que morreu de rir
  • Esmagado por um elefante: Eleázar Avaran (guerreiro) 162 a.C. - Em uma batalha ele conseguiu entrar debaixo de um elefante de guerra, apunhalando-o na barriga. Porém o paquiderme caiu morto sobre sua cabeça, matando-o instantaneamente;
  • Bebendo ouro derretido: Marco Licínio Crasso (cônsul e general romano) 53 a.C. - Foi morto pelos seus inimigos que lhe fizeram beber uma taça de ouro derretido, como simbolo de sua grande riqueza e ganancia. Sua cabeça foi, depois, enviada à capitaldo Império Romano pelos seus inimigos, como forma de dissuadir novas batalhas;
  • Dilacerada com com conchas de ostras: Hipátia, matemática e filosofa grega, ano 415 - Foi assassinada por um grupo de cristãos, tendo o corpo dilacerado por conchas de ostras (ou cacos de cerâmica, segundo outra versão),  Depois de morta, o corpo teria sido lançado a uma fogueira.
Morte de Hipatia
  • Doenças a perder de vista: Herodes, o Grande 4 a.C. - Historiadores antigos garantem que o grande rei de Israel, antes de morrer, supostamente sofreu de coceiras intensas, complicações respiratórias, convulsões, dores intestinais, febre, gota, inflamação do abdômen, putefração dos genitais com produção de vermes dentre outros males. Se você está achando essa lista de problemas grande demais, saiba que a realidade pode não ter sido bem assim, já que escritores antigos costumavam imputar a governantes impopulares essas mesmas mortes terríveis, e isso foi feito também com relação a diversos imperadores romanos;
  • Cozidos até a morte: Santo Hieromártir Antipas, bispo de Pérgamo, ano 98 - Foi cozido até a morte dentro de um touro de bronze durante a perseguição a cristãos do Imperador Domiciano. Santo Eustáquio, sua esposa e filhos supostamente também sofreram a mesma punição sob o jugo de Adriano;
Mortes bizarras - Caldeirão de óleo quente medieval
  • Engasgado com cabelo e leite: Fábio, senador romano do século II, ano 212 - Segundo relatos históricos, "morreu engasgado... com um fio de cabelo em uma golada de leite";
  • Tapete humano/esfolado vivo: Imperador romano Valeriano, ano 260 - Segundo relatos de historiadores da época, após ser derrotado em batalha e capturado pelos persas, o imperador romano foi usado como tapete pelo xá Sapor I. Depois de muito tempo de humilhações e castigos, Sapor teria ordenado que o imperador fosse esfolado vivo e sua pele estufada com esterco ou palha para ser preservada como troféu. Tal relato é alvo de controvérsias, e pode ser visto como uma tentativa de afirmar que perseguidores de cristãos estavam destinados a sofrer mortes horríveis, ou como o desejo de autores romanos de cunhar na história a imagem de que os persas seriam bárbaros;




Causas de mortes bizarras na Idade Média

Mortes bizarras - Idade Média

  • Prata nos olhos, nariz e garganta: Inalchuk, governante muçulmano da cidade de Otrar na Ásia Central, ano 1219 - Segundo relatos históricos da época, ele foi capturado por invasores mongóis, e depois morto por derramamento de prata derretida em seus olhos, ouvidos e garganta;
  • Enrolado em um tapete e pisoteado por cavalos: Al-Musta'sim, califa de Bagdá, ano 1258 - Foi capturado durante a invasão mongol de seu Califado. Para não derramar sangue real, seu carrasco, o imperador Hulagu Khan, o enrolou em um tapete,  e ordenou que fosse pisoteado até a morte por seus cavalos de guerra;
  • Empalamento com ferro em brasa: Eduardo II de Inglaterra, ano 1327 - Depois de ser deposto pela sua própria esposa, a rainha Isabel Capeto e seu amante Roger Mortimer, teria sido assassinado com um ferro em brasa inserido em seu ânus, em um tipo de empalamento;
  • Risadas e indigestão: Martim I de Aragão, ano 1410 - Morre de uma combinação fatal de incontroláveis gargalhadas, que geraram uma terrível indigestão;
  • Afogado em vinho: Jorge, Duque de Clarence, ano 1478 - Seus carrascos permitiram que ele escolhesse como seria sua própria execução, e sua opção foi morrer afogado em um barril de vinho.

Causas de mortes bizarras na Renascença

Mortes bizarras - Renascença

  • Corôa, cetro e trono em brasas/devorado por seus seguidores: György Dózsa, homem-em-armas dos Székely e líder da revolta camponesa na Hungria, ano 1514 - Por causa de suas ambições de se tornar rei, foi condenado pela nobreza húngara da Transilvânia a sentar-se em um trono de ferro em brasas, com uma coroa em brasas na cabeça e um cetro em brasas na mão. Com seu corpo torrado pelas brasas, mas ainda vivo, foi parcialmente devorado por seis de seus seguidores rebeldes, que já estavam presos por 1 semana sem comer;
  • Caiu da escada ao se curvar para orar: Humayun, imperador Mogol, ano 1556 - Ao descer do telhado de sua biblioteca, onde contemplava o céu e o planeta Vênus, ouviu o tradicional chamado à oração. Costumeiramente ele se dobrava de joelhos imediatamente nessas ocasiões, mas em um fatídico dia, seu pé ficou preso nas dobras de seu manto, fazendo-o cair escadaria abaixo, morrendo 3 dias depois em consequência dos ferimentos;
  • Morreu de tanto segurar a urina: Tycho Brahe, astrônomo dinamarquês, ano 1601 - Segundo a etiqueta da época, sair da mesa antes da refeição terminar era considerado algo extremamente desrespeitoso, e por isso, conforme relatos da época, ele morreu em decorrência de complicações causadas por segurar a urina durante um banquete. Outras versões contestam esse registro, e alegam assassinado por Johannes Kepler, suicídio e envenenamento por mercúrio, dentre outras;
  • Espancado com a própria perna de madeira: Sir Arthur Aston, comandante das guarnições Realistas durante o Cerco de Drogheda, Ano 1649 - Foi espancado por soldados inimigos com sua própria perna de madeira. Os assassinos achavam que ele escondia moedas de ouro dentro de sua prótese;
  • Morrendo de rir 2: Thomas Urquhart, aristocrata escocês e primeiro tradutor de Rabelais para o inglês, ano 1660: Morreu de rir ao receber a notícia que Carlos II tomara o trono da Inglaterra;
  • Morreu de tosse: Molière, ator e dramaturgo francês, ano 1673 - Morreu ao ser acometido por um incontrolável ataque de tosse enquanto representava o papel principal de sua peça Le Malade imaginaire (O Doente Imaginário).
  • Infecção causada por ele mesmo: Jean-Baptiste Lully, compositor, ano 1687 - morreu de uma grave infecção sanguínea desencadeada por um ferimento que ele mesmo causou ao ferir seu pé com um bastão enquanto conduzia vigorosamente um hino cristão durante comemorações da recuperação de uma enfermidade que acometera o rei Luís XIV;
  • Morreu por comer demais: Julien Offray de La Mettrie, materialista e filósofo sensualista, ano 1751 - Morreu após comer em excesso em um banquete oferecido em sua homenagem;
  • O rei que morreu por comer demais: Adolfo Frederico, rei da Suécia, ano 1771 - Teve problemas digestivos em 12 de fevereiro de 1771, depois de ter devorado uma refeição composta de lagosta, caviar, chucrute, arenque defumado e champanhe. A seguir ele ainda se fartou de 14 porções de sua sobremesa favorita;
Rei que morreu de tanto comer
  • Dilúvio de cerveja de Londres: ano 1814 - Oito pessoas morreram afogadas em um "pequeno dilúvio" de cerveja quando cerca de 1.5 milhões de litros da bebida vazaram da'The Meux and Company Brewery' para as ruas de Londres, no Reino Unido;
  • Suicidou-se sem querer: Clement Vallandigham, ano 1871 - o norte-americano era um advogado de sucesso que raras vezes perdia um caso. Em 1871, ele defendia Thomas McGehan, acusado de disparar contra Tom Myers durante uma discussão num bar. A tese da defesa alegava que Myers tinha disparado contra ele mesmo ao empunhar sua pistola quando estava ajoelhado. Para convencer o juri,  o talentoso advogado decidiu demonstrar sua teoria, mas infelizmente, utilizou por engano uma pistola carregada e terminou disparando contra ele mesmo.

Causas de mortes bizarras no século XX

Mortes bizarras - Século 20

  • Envenenado, baleado, espancado, castrado e congelado: Grigori Rasputin, místico russo, ano 1916 -  Enquanto jantava com um inimigo político ele teria sido envenenado, depois baleado com 4 tiros (sendo 1 tiro na cabeça), e em seguida espancado e castrado antes de ser jogado em um rio congelado, onde seu corpo foi encontrado. Uma autópsia revelara que a causa da morte fora hipotermia;
  • Afogados em melaço: 21 pessoas mortas e 150 feridas, ano 1919 - A "Inundação de melaço de Boston",, nos EUA, aconteceu após a explosão de um tanque que armazenava melaço;
  • Atacado pelo seu próprio cão e um macaco: Alexandre I da Grécia, ano 1920 - O rei caminhava pelos jardins de seu palácio, quando seu cão foi atacado por um macaco. Tentando livrar seu cachorro do ataque, o rei acabou sofrendo mordidas dos dois animais, o que lhe causou uma grave infecção que o levou à morte 3 semanas depois;
  • Morreu da "Maldição do Faraó Tutancâmon": George Edward, 5º Conde de Carnarvon, ano 1923 - O nobre Lord tinha uma picada de mosquito em seu rosto, e ao fazer a barba, o ferimento infeccionou, evoluindo para uma erisipela, acompanhada de infecção generalizada, que desencadeou uma pneumonia fatal. Muitas pessoas acreditaram que a sua morte foi uma maldição do faraó. Essa crença deu origem aos mitos das múmias, que fizeram e ainda fazem muito sucesso no cinema, e perduram até hoje;
  • Bicada de ave no pescoço: Phillip McClean, ano 1926 - É a única pessoa documentada pela história a ser morta por um casuar (uma ave originária da Austrália e Nova Guiné). Ele passeava pelo campo e, sem motivo, resolveu tentar matar a ave com um porrete, mas logo em seguida o animal o golpeou com uma forte bicada no pescoço, que abriu uma de suas artérias e o levou à morte por hemorragia;
  • Enforcada pela sua própria echarpe/cachecol: Isadora Duncan, ano 1927 - A dançarina norte-americana morreu em um acidente automóvel, quando a sua echarpe/cachecol muito comprida ficou presa a uma das rodas de seu carro, estrangulando-a e lançando-a para fora do veículo;
  • Atingido por um pássaro em um carro de Fórmula 1: Alan Stacey, ano 1960 - O piloto de Fórmula 1 britânico, morreu no Grande Prémio da Bélgica Spa-Francorchamps ao ser atingido por pássaro, que bateu na sua cabeça. Ele perdeu o controle de seu Lotus e sofreu um acidente fatal;
  • Voltando do espaço: Georgy Dobrovolsky, Vladislav Volkov e Viktor Patsayev, cosmonautas soviéticos, ano 1971 -Os 3 morreram por asfixia após a reentrada na atmosfera terrestre;
  • Alimentação saudável demais: Basil Brown, um apologista da alimentação saudável, ano 1974 - O inglês queria provar que o suco de cenoura era a melhor forma de se alimentar, e morreu devido ao consumo excessivo de sumo de cenoura. Ele simplesmente bebeu 37,85 litros em apenas dez dias (mais de 3,7 litros por dia), o que lhe rendeu um overdose de vitamina A e uma severa destruição do fígado;
Mortes bizarras - Morreu de tomar suco de cenoura
  • Overdose de água:Tina Christopherson, ano 1977 - a mulher de 29 anos morreu porque bebia cerca de 15 litros de água por dia para combater um cancro de estômago;
  • 1º humano a ser morto por um robô: Robert Williams, ano 1979 - Ele foi morto ao sofrer um golpe na cabeça de um robô da fábrica da Ford, onde trabalhava, sendo o 1º caso de morte por um robô no mundo;
  • Decaptado pela hélice de um helicóptero: Boris Sagal, ano 1981 - Morreu quando gravava a minissérie 'World War III'. Ele foi sugado pela lâmina do rotor de cauda de um helicóptero sendo parcialmente decapitado;
  • Engasgado com tampa de frasco de colírio: Tennessee Williams, dramaturgo norte-americano, ano 1983 - morreu engasgado com uma tampa de frasco de colírio em seu quarto de hotel, em Nova Iorque. As autoridades alegaram que o uso de drogas e de álcool pode ter contribuído para sua morte, ao diminuir seus reflexos;
  • Sugada para fora do avião: Clarabelle Lansing, comissária de bordo, ano 1988 - morreu durante o trabalho, quando parte da fuselagem do avião abriu e a sugou para fora do voo 243 da Aloha Airlines. Ela acabou sendo a única vitima fatal do acidente, já que o piloto conseguiu pousar a aeronave em segurança, salvando todos os demais passageiros;
  • Caiu da ambulância:Edward Juchniewicz, ano 1991 - O idoso norte-americano de 78 anos estava sendo transportado de seu lar de idosos para uma consulta de rotina, quando a porta da ambulância se abriu, e o lançou para fora do veículo, causando diversos traumatismos;
  • Caiu do 24º andar ao testar janela inquebrável: Garry Hoy, advogado canadense, ano 1993 - Tentando demonstrar que que os vidros do Toronto-Dominion Centre eram inquebráveis, ele se atirou contra a janela, e acabou caindo de uma altura de 92 metros de altura. Os vidros eram mesmo inquebráveis, mas os encaixes da janela falharam;
  • Time de futebol inteiro morto por raio: Times Basanga e Bena Tshadi em partida no Congo, ano 1998 - O jogo se estava empatado 1x1, quando uma trovoada matou toda a equipe do Bena Tshadi, enquanto os jogadores da equipe Basanga não sofreram nenhum ferimento;
  • Morta por um olho de gato na cabeça: Kemi Olusanya, uma DJ britânica, morreu em Winchester, na Inglaterra depois que um olho de gato (aquela sinalização luminosa nas estradas) voou na direção do para-brisa no carro onde ela era passageira e golpeou-a na cabeça. O carro que ia à frente foi responsável por arrancar acidentalmente o objeto do solo.

Causas de mortes bizarras no século XXI

Mortes bizarras - Século 21

  • Tubo de oxigênio a 33 km/h, atraído por máquina de ressonância magnética: Michael Colombini, ano 2001 - O paciente de apenas 6 anos morreu após ser atingido na cabeça por um tubo de oxigênio a 33 km/h. O tubo tinha sido esquecido na sala de ressonância magnética onde ele fazia seu exame, e foi atraído pelo magnetismo da máquina;
  • Decapitada por um orelhão e o motorista do carro nem percebeu: Francis "Franky" Brohm da Marietta, ano 2004 - O acidente aconteceu na Geórgia, EUA, quando a vítima viajava com a cabeça para fora do carro e acabou sendo decapitada por um telefone público. O motorista, que estava bêbado, não percebeu o acidente, dirigiu-se até sua casa, e foi dormir. Um vizinho viu o corpo sem cabeça no dia seguinte e chamou a polícia, que depois encontrou a cabeça da vítima no local do acidente;
  • Overdose de água 2: Jennifer Strange, ano 2007 - Morreu aos 28 anos, nos EUA,  vítima de intoxicação por água depois de participar no concurso de uma rádio da Califórnia que prometia um videogame Nintendo WII como prêmio. Na competição, os participantes tinham de beber a maior quantidade possível de água sem urinar;
  • Hidrante voador na cara: Humberto Hernandez, ano 2007 - O neo-zelandês morreu depois de ter sido golpeado no rosto por um hidrante enquanto passeava na rua com a sua esposa. Um carro atingiu o equipamento de incêndio, e a pressão da água lançou o hidrante em alta velocidade;
Mortes bizarras - Morto por um hidrante voador
  • Órgãos sugados por ralo de piscina: Abigail Taylor, ano 2008 - A menina, de apenas 6 anos, teve seus órgãos parcialmente sugados através de seu ânus, ao se encostar em um ralo de piscina nos EUA. Médicos substituíram os órgãos através de transplantes, e a vítima ainda sobreviveu por mais nove meses, mas acabou morrendo depois em decorrência de um câncer raro desencadeado pela cirurgia. Apesar de mudanças nas legislações de muitos países sobre a segurança em piscinas, infelizmente vários casos semelhantes continuam a acorrer.
  • Afogado em chocolate: Vincent Smith, ano 2009 - O norte-americano de 29 anos trabalhava em uma fábrica de chocolates nos EUA, quando escorregou e caiu dentro do tanque de mistura cheio de chocolate derretido à temperatura de 50 graus. Em seguida ele ainda foi atingido na cabeça por uma das pás gigantes que misturam o chocolate e ficou 10 minutos submerso antes de ser encontrado sem vida;
  • Atingido por lâmina em espora de galo de briga: Jose Luis Ochoa, ano 2011 -  O norte-americano morreu depois de sofrer um ferimento na perna causado por um galo de briga equipado com uma lâmina amarrada em uma das patas. O acidente aconteceu em um local onde eram realizadas brigas de galos na Califórnia;
  • Devorado por porcos: ano 2012 - Terry Vance Garner, de 69 anos, era um fazendeiro de porcos dos EUA que acabou sendo devorado pelos seus próprios animais. Ele alimentava seus porcos quando desapareceu, e partes de seu corpo e arcada dentária foram encontradas depois dentro do chiqueiro;
  • Engasgado com baratas gigantes: Edward Archbold, ano 2012 - o norte-americano de 32 anos, de West Palm Beach , na Flórida morreu instantes depois de ganhar um bizarro concurso de comer baratas gigantes. Ele engasgou até a morte por causa da grande quantidade de insetos que ingeriu;
  • Homem que se fingia de cego não viu uma vala inundada: Geoffrey Haywood, ano 2012 - O homem de 65 anos fingia ser cego para pedir esmolas, mas realmente viu uma vala inundada e morreu afogado;
  • Esmagado em um compactador de lixo: Roger Mirro, ano 2013 - O homem de 56 anos, morador de Chicago, nos EUA, morreu esmagado por um compactador de lixo no condomínio onde residia. Ele achou que tinha colocado seu celular acidentalmente em um saco de lixo, e pediu a chave do compactador a um vizinho para procurar o aparelho.  O peso do homem dentro do compactador acabou ativando o compactador de lixo, e a vítima foi esmagada até à morte;
  • Morto por um castor: Pescador bielo-russo não identificado de 60 anos, ano 2013 - O homem agarrou o animal pra tentar tirar um selfie, quando o castor mordeu sua perna, atingindo uma artéria grande, matando o homem por hemorragia;
  • Atingido por uma vaca: João Maria de Souza , em 2013 - o brasileiro de 45 anos morreu em decorrência de ferimentos causados por uma vaca que caiu sobre ele de cima de seu telhado. O acidente aconteceu em Caratinga, Minas Gerais;
Mortes bizarras - Morreu esmagado por vaca que caiu do telhado
  • Picado por cabeça de cobra decepada enquanto fazia sopa: Peng Fan, em 2014 - O chef de cozinha chinês de Foshan, no sul da China, morreu ao ser picado pela cabeça de uma cobra cortada, quando se preparava-se para fazer uma sopa com a carne do réptil que havia sido morto 20 minutos antes;
  • Dentro do carrinho de supermercado: Robin Wahlgren, em 2015 - O sueco de 28 anos, morreu em Sydney, Austrália, onde estudava, quando o carrinho de supermercado onde ele se divertia com um amigo se chocou contra um automóvel;
  • Engasgado com um cheeseburguer: Darren Bray, em 2015 - O homem do País de Gales, morreu engasgado, depois de ter tentado comer um cheeseburger com uma bocada só;
  • Atingida por tampa de bueiro enquanto dirigia: Caitlin Clavette, em 2016 - A professora de arte de Boston, nos EUA, morreu quando dirigia próximo do Túnel Thomas P. O'Neill Jr. Ela foi golpeada e morta por uma tampa de bueiro que voou em direção do para-brisa do seu carro;
  • Atropelado pelo seu próprio carro: Anton Yelchin, em 2016 - Conhecido pelo seu papel de Pavel Chekov no filme Star Trek, o ator norte-americano de 27 anos foi encontrado esmagado entre seu carro e caixa do correio de tijolos de sua casa. Autoridades disseram que ele deve ter se esquecido de puxar o freio de mão quando desceu do veículo para checar a correspondência.




Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Postar um comentário