“Stonehenges” da Amazônia levantam dúvidas sobre a história da região

Leave a Comment
“Stonehenges” na Amazônia levanta dúvidas sobre a história da Amazônia


Nós já tínhamos tratado desse assunto aqui em nosso site em um matéria anterior, mas agora novas descobertas fizeram o enigma do "Stonehenge da Amazônia"se tornar ainda mais complicado e intrigante.

As novas descobertas dão conta de pelo menos 450 “Stonehenges” espalhados por áreas que eram cobertas pela floresta, e que devido ao desmatamento, agora foram reveladas.

Stonehenge da Amazônia - Img 1

Especialistas acreditam que tais monumentos tenham mais de 2 mil anos, e que foram construídos por povos que viviam no meio da floresta, o que contradiz o que se acreditava até algum tempo atrás, quando estudiosos afirmavam que, no passado, pouquíssimos povos viviam na Amazônia.




As novas pesquisas são lideradas pela Dra. Jennifer Watling e conta com apoio da USP, dentre outras universidades.

As novas descobertas indicam que vários povos antigos viviam na região da Amazônia há pelo menos 6 mil anos, e que eles alteravam seu ambiente e já desmatavam a floresta para construir seus monumentos, o que causava impactos na fauna e flora locais.

Stonehenge da Amazônia - Img 2

Quanto a motivação das construções, os cientistas ainda não chegaram a uma conclusão.

Alguns estudiosos acreditam que determinadas crenças religiosas tenham sido a inspiração de tais monumentos, mas outros especialistas desconfiam que poderiam haver motivações políticas ou defensivas de demarcação de territórios, ou mesmo delimitações de espaços que eram considerados "propriedades privadas".





Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Postar um comentário