Unicórnio siberiano - ele realmente existiu, e não é tão antigo quanto se pensava

1 comment
Unicórnio siberiano - ele realmente existiu, e não é tão antigo quanto se pensava

Um animal fantástico, que provavelmente foi o precursor das nossas lendas sobre unicórnios: um gigante de 5 toneladas, 3 vezes maior que um rinoceronte, com grossa pelagem e um único chifre enorme que podia chegar a 2 metros de comprimento!

Embora incrível, esse animal não é exatamente uma novidade, afinal já era conhecido pelos paleontólogos há um bom tempo.

Unicórnio siberiano - ele realmente existiu e não é tão antigo quanto se pensava

Trata-se do 'Elasmotherium sibiricum' um tipo de rinoceronte retratado em muitas pinturas rupestres da região, conhecido como "Unicórnio Siberiano" ou 'rinoceronte-de-chifre-grande'.

Elasmotherium sibiricum comparação de tamanho





Especialistas acreditam que na antiguidade, seus fósseis podem ter dado origem às lendas dos unicórnios mitológicos, já que os paleontólogos conseguiram identificar alguns fósseis montados de forma errada por antigos povos da época medieval.




Elasmotherium sibiricum

A grande novidade dessa vez, é que os paleontólogos descobriram que esse animal não está extinto há tanto tempo quanto se pensava anteriormente.

O 'Elasmotherium sibiricum' era descrito como um animal que viveu há cerca de 200 mil anos, mas agora, depois de novos estudos e datações, especialistas afirmam que ele pode ter vivido até cerca de 29 mil anos atrás, o que os coloca na mesma época dos humanos modernos, quando já estávamos em nossa fase de desenvolvimento da linguagem.

Elasmotherium sibiricum

Os especialistas acreditam que interações entre nossos ancestrais mais próximos e esses gigantes podem ter sido mais uma peça na criação do mito do Unicórnio como o conhecemos, assim como também das lendas do povo russo sobre o "touro com um único chifre na testa".




Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário: