Roswell Brasileira: O chocante ataque de OVNIs na Amazônia e a 'Operação Prato'

15 comments
O chocante ataque de OVNIs na Amazônia do Brasil e a 'Operação Prato' dos militares

Se você acha que o famoso caso Roswell foi o maior mistério de OVNIs do mundo, você se enganou. Com registros médicos de ferimentos físicos causados por feixes de luz disparados por objetos luminosos desconhecidos, fuga em massa da população assustada e avistamentos confirmados pelos próprios militares, o maior e mais complexo caso de OVNIs do mundo inteiro  aconteceu no Brasil, e ficou conhecido como 'Roswell Brasileiro.

Ainda assim, estranhamente, pouco se fala sobre isso, e esse caso permanece um dos mais desconhecidos de todo o planeta.

Representação dos objetos relatados na "Operação Prato"

Os objetos voadores não identificados, eram luminosos e ficaram conhecidos pela população local de "chupa-chupa", pelo fato de causarem perfurações na pele e queimaduras com ataques de raios de luz.




Esses ferimentos foram diagnosticados e confirmados pela medicina, através da Dra. Wellaide Cecim. Ela cuidou de vários pacientes, além de ter testemunhado o fenômeno por si própria.

Talvez você nunca tenha ouvido falar disso, mas esse caso impressionante aconteceu no Brasil, mais exatamente na região da Amazônia brasileira, englobando os Estados do Pará, Maranhão, e desencadeou até mesmo uma operação militar altamente secreta para investigar os estranhos fenômenos: A 'Operação Prato'.

A investigação militar 'Operação Prato', foi realizada pelo COMAR (Primeiro Comando Aéreo Regional) divisão da FAB (Força Aérea Brasileira) sediado em Belém, no Estado Pará, e envolveu também os extintos SNI3 (Serviço Nacional de Informações), e o CISA4 (Centro de Informações de Segurança da Aeronáutica). As operações abrangeram várias localidades: Baia do Marajó, Baia do Sol, Rio Bituba, Ilha de Colares e municípios de Santo Antônio do Tauá, Vigia do Nazaré, Colares, Ananindeua, Castanhal e Belém.

OVNIs Operação Prato
Representação dos objetos relatados na "Operação Prato"

Com câmeras fotográficas e filmadoras, os agentes militares presenciaram objetos luminosos se movimentando erraticamente, naves maiores do que prédios de 30 andares e depoimentos chocantes da população ribeirinha.

Os documentos confidenciais do Arquivo Nacional, trazem informações sobre avistamentos de objetos voadores relatados por populares, pilotos privados e militares. São registros de objetos em forma cilíndrica ou de pratos invertidos (e daí surgiu o nome da operação), que atingiam velocidades que variavam de lentas a supersônicas, e em cores diversas, passando por tons amarelos, vermelhos e azuis.

Documento com relato de OVNI da "Operação Prato"

Além dos relatos de pessoas que afirmaram ter sido atingidas por raios de luz disparados pelos objetos voadores, que causavam ferimentos de queimadura, perfurações, desmaios e paralisia momentânea, houve também um registro ainda mais estranho na cidade de Benfica (PA): em 2 de novembro de 1977, um observador relatou ter presenciado o pouso de uma nave, que depois abriu uma escotilha, por onde saiu um “humanoide” que media cerca de 1,50 metro de altura.

Outro fato polêmico, foi o suicídio do comandante das missões militares, coronel Uyrangê Hollanda, logo após uma série de depoimentos em vídeo para um jornalista.

Documento Operação Prato

Mesmo após várias décadas esse caso continua impressionando a todos, e ainda não houve nenhuma explicação definitiva para a questão. As cidades e municípios envolvidos nesses eventos misteriosos sofreram um verdadeiro êxodo no auge desses acontecimentos inexplicados, com milhares de pessoas abandonando suas casas. E ainda hoje esses locais presenciam eventos de OVNIs esporádicos, porém em número infinitamente reduzido em comparação ao auge dos eventos.

Fotos reais da Operação Prato
Fotos reais da Operação Prato

Esse foi o maior caso de OVNI do mundo, com inúmeras pessoas envolvidas, intervenção militar, pânico generalizado nas cidades afetadas e milhares de avistamentos, contatos e vítimas com ferimentos causados pelos OVNIs: um verdadeiro ataque OVNI de dimensões nunca antes vistas em qualquer outro caso desse tipo no mundo.




Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

15 comentários:

  1. Respostas
    1. A própria dimensão do acontecimento e sua gigantesca visibilidade nas mais diversas mídias jornalísticas nacionais e internacionais dispensa a necessidade de citar uma fonte, já que se trata de fato amplamente divulgado. Basta procurar no 'Google' ou na própria 'Wikipedia'.

      Excluir
    2. A principio achei que era Arial, mas é Georgia tamanho 11

      Excluir
    3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk boa Rafael ..

      Excluir
    4. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk boa Rafael ..

      Excluir
  2. ~Pânico, êxodo da população, etc. é por isso, principalmente, que nossas Autoridades não devem comentar ou tornar público casos de Extraterrestres ! O Povo não está preparado para receber uma notícias destas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem te deu autoridade para dizer o que o povo está ou não preparado?

      Excluir
  3. Eu só vou crer nosso quando eu ver, porque eles só fazem isso nessas cidades e não aqui onde eu moro? E mesmo assim , se fosse verdade eles iriam causar um grande alvoroço em todo mundo não só não Brasil e principalmente na década de 70.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi verdade... houve operação militar. Os oficiais tiraram fotos e gravaram vídeos de objetos voadores penetrando dentro do rio e até gravaram um vídeo de um ser que saiu levitando de dentro de um objeto gigantesco. Isso tudo foi filmado por militares e a FAB mantêm tudo bem guardado a sete chaves.

      Excluir
    2. Estou vendo agora sobre o fato ocorrido.
      Não estamos sós...

      Excluir
    3. Estou vendo agora sobre o fato ocorrido.
      Não estamos sós...

      Excluir
  4. E porque havia tantos militares americanos mirturado por lá .

    ResponderExcluir