Veneno Medieval: os terríveis pratos e copos assassinos

Leave a Comment
Veneno Medieval: os terríveis pratos e copos assassinos

Como os pratos medievais poderiam ser assassinos? Eles eram venenosos? A resposta é sim!

Na era medieval era comum as pessoas usarem pratos de estanho, que é um metal bonito, prateado, muito fácil de moldar e que, ainda por cima, dá uma aparência muito elegante a qualquer peça.

Veneno Medieval - Os terríveis pratos assassinos

Mas o que ninguém desconfiava é que certos tipos de alimentos mais ácidos oxidavam o material, e isso fazia com que muita gente morresse envenenada.

Taças de Estanho

Esse processo de oxidação do estanho acontecia frequentemente com os tomates por exemplo, que por serem ácidos, foram considerados venenosos por muito tempo.




Com os copos de estanho a situação era a mesma: eles eram usados para beber cerveja ou uísque, por exemplo, e essa combinação, às vezes, deixava o indivíduo numa espécie de narcolepsia induzida pela mistura da bebida alcoólica e pelo óxido de estanho.

Tomates e Estanho

Parecia mesmo que a pessoa estava morta, mas como nem sempre essa narcolepsia matava, depois de algum tempo ela ainda poderia acordar.

Funeral Medieval

Era muito comum encontrar pessoas caídas como mortas pelas ruas, e nesses caso o corpo era recolhido e enterro preparado.

Mas antes do enterro, os antigos faziam uma vigília especial, pra ter certeza se o morto não iria mesmo acordar: o corpo era colocado sobre a mesa da cozinha por alguns dias, e a família ficava em volta, em vigília, comendo, bebendo e esperando para ver se o morto acordava ou não. Parece familiar esse costume? Pois é, essa foi a origem do velório como conhecemos hoje!




Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Postar um comentário