Veneno no céu? Aviões do governo estão pulverizando química misteriosa sobre nós?

14 comments
Veneno no céu? Aviões do governo estão pulverizando química misteriosa sobre nós?

Primeiro foram os "Buracos no Céu", e agora chegou a vez daquelas trilhas de fumaça que os aviões deixam ao passar, que se parecem com longos riscos brancos, e que às vezes demoram um bom tempo até sumirem de vez.

Veneno no céu? aviões do governo estão pulverizando química misteriosa sobre nós?

Se você não tinha percebido nada disso, saiba que os entusiastas de teorias de conspiração perceberam... e na internet se espalham inúmeros posts com explicações bem alarmantes sobre o que seriam esses rastros de fumaça.

Airplane Contrail

Até mesmo o Discovery channel produziu um documentário abordando a questão.

A explicação básica para a formação dessas trilhas de fumaça é a condensação de vapores, que são emitidos pelas turbinas do avião, mas tem muita gente desconfiando que seja algo mais.




Muitos alegam que trilhas de vapor não durariam tanto tempo nos céus, e que produtos químicos seriam responsáveis pela duração maior dessas marcas de fumaça.

Contrail Airplane

As novas teorias de conspiração até adaptaram um termo pra essas marcas de fumaça, que estão sendo chamadas de "Chemtrails" (trilhas químicas). A palavra é uma adaptação de "Contrail" (trilhas de condensação), que é o termo real.

De onde tiraram essa ideia?

US Air Force Contrail or Chemtrail
Tudo começou na metade da década de 90, quando a Força Aérea dos Estados Unidos especulava sobre a manipulação do clima no futuro, e como isso poderia ser utilizado como uma nova arma em combates militares. Hoje sabemos que já existem tecnologias e produtos químicos que são despejados na atmosfera pra fazer chover, e até a cidade de São Paulo já usou essa tecnologia diante de sua recente crise hídrica.

Os supostos planos "secretos" dos governos

Veneno no céu - Chemtrail
Os teóricos de conspiração de plantão desconfiam que a tecnologia de pulverização atmosférica possa ser usada com outros propósitos mais nefastos, como por exemplo o controle mental dos cidadãos. Outras teorias que se espalham pela internet afirmam que a indústria farmacêutica também faria parte do complô, usando aviões pra disseminar doenças e depois vendendo remédios para curá-las. São muitos relatos afirmando que, após avistarem essas trilhas de fumaça sobre suas cidades, muitas pessoas ficaram doentes, com conjuntivite, problemas respiratórios ou resfriados, por exemplo.

As "provas" da conspiração

suposta prova de Chemtrail
São várias fotos dos supostos aviões modificados, com equipamentos que seriam usados para pulverizar produtos químicos de todo tipo. Esses aviões parecem mesmo bem estranhos, e as imagens se espalharam pela internet fazendo muita gente acreditar que existe algo bizarro nessa história toda...

A explicação das fabricantes de aviões

Equipamento de testes de aeronaves
Fabricantes de aeronaves afirmam que esses equipamentos são um sistema de simulação de passageiros. Dentro dos tanques haveria apenas água, que é bombeada de um tambor para o outro e simulam a movimentação de passageiros dentro do avião e suas implicações no centro de gravidade da aeronave. Ou seja, seriam apenas inocentes equipamentos de testes que servem para garantir a segurança das pessoas.

A explicação científica oficial para os rastros de fumaça

Contrail
Governos e cientistas continuam afirmando que a explicação não mudou, e os riscos brancos no céu são apenas vapores das turbinas dos aviões. Segundo eles, dependendo das condições atmosféricas, esse rastro de fumaça pode ficar nos céus por um bom tempo. Ou seja, só porque o rastro demora muito pra sumir não significa que ele seja algum tipo de produto químico estranho ou prejudicial.





Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

14 comentários:

  1. Se alguem fizer os cálculos, talvez chegue a conclusão que a quantidade de "química" lançada por esses tais aviões dá pra quebrar o Bill Gates em pouco tempo.

    ResponderExcluir
  2. me polpe entao os pilotos estao todos atordoados para ficarem fazendo trilhas pelo ceu de um lado pro outro aqui na minha cidade cheguei a ver quatro avioes fazendo esse xadrez percebo cada vez mais pessoas com dores de cabeça sem razao que nao e so enfeite ...............

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua cidade deve ser uma cidade por onde passam as rotas aéreas, as rotas não são como estradas bem delimitadas e sobre vc ver pessoas que tem dores de cabeça aparentemente sem motivo é muito apressado concluir algo assim. Existem maneiras de vc pedir uma estatística para uma universidade e aí sim vc terá dados confiáveis se esta ou não alterando algo na sua região, provavelmente não, outra coisa importante ressaltar é que vx pode estar tendo um viés de busca ou seja acaba vendo apenas aquilo que quer ver.

      Exemplo, estou com vontade de comprar um carro preto da marca X, a minha vontade de comprar esse carro acaba fazendo eu prestar atenção em mais carros pretos dessa marca e se eu demorar mais observando mais isso vai acontecer pq na verdade estou ignorando todos os outros carros.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Enquanto pessoas dizem o que querem, outras tantas crêem também no que querem. E sob tudo isso, mentes maldosas realizam suas traquinagens. Porém, outras tantas mentes lúcidas, trabalham para neutralizar malefícios injustos. Até quando soar a hora do basta! E então o cenário mudará.

    ResponderExcluir
  5. Não concordo. Morei doze anos em Curitiba, trabalhei próximo ao aeroporto e nenhum dos aviões deixavam a trilha que duravam até meia hora para se desmanchar. O avião com a trilha química seguia um padrão de rota diferente. Em minas gerais, numa cidade onde não tinha uma rota visível de aviões comerciais, um avião do tamanho de um Airbus 320 passou umas três vezes sobre a cidade em curto espaço, deu meia volta sobre a cidade é retornou, demonstrando não ser de carreira. A trilha desse durou meia hora.

    ResponderExcluir
  6. Não concordo. Morei doze anos em Curitiba, trabalhei próximo ao aeroporto e nenhum dos aviões deixavam a trilha que duravam até meia hora para se desmanchar. O avião com a trilha química seguia um padrão de rota diferente. Em minas gerais, numa cidade onde não tinha uma rota visível de aviões comerciais, um avião do tamanho de um Airbus 320 passou umas três vezes sobre a cidade em curto espaço, deu meia volta sobre a cidade é retornou, demonstrando não ser de carreira. A trilha desse durou meia hora.

    ResponderExcluir
  7. po nao sei pra que serve os rastros quimicos, mas que sao diferentes de contrail sao, e so ficar olhando pro ceu, hj msmo vi vareos avioes com rastro quimicos ae derrepente passa um com contrail. que e muito mais muito diferente, pq o rastro do contrail vai sumindo atraz do aviao, nao deixa rastros longos que duram minutos e ate horas no ceu, isso nunca foi contrail. se afirmar que é ta indo contra as leis da fisica, pq o gelo derrete nao deixa rastro no ceu

    ResponderExcluir