Vídeo de 'Torpedo do Juízo Final' é divulgado na Rússia


Video de Torpedo do Juízo Final é divulgado na Rússia - Capa

O presidente russo, Vladimir Putin, recentemente revelou durante um discurso que os militares russos desenvolveram um mega-torpedo que pode alcançar grandes profundidades e que seria quase impossível de ser detectado ou combatido por inimigos.

Trata-se do torpedo 'Poseidon', que por suas características assustadoras já está sendo chamado de "torpedo do juízo final".



E o pior é que o apelido não é nem um pouco exagerado... afinal, com sua ogiva de 50 megatons, esse torpedo  poderia, por exemplo, gerar um tsunami com 90 metros de altura em qualquer praia de um país inimigo ou mesmo atingir qualquer porta-aviões diretamente, causando danos inimagináveis.

A nova "mega-arma" se parece muito com a versão marinha de um míssil do qual já falamos aqui em uma matéria anterior, e que gerou muitos temores pelo mundo.

Torpedo do Juízo Final Poseidon Russia - Img 1

De acordo com o próprio presidente Putin, além de gerar tsunamis monstruosas e inesperadas, o 'Poseidon' também pode "atingir múltiplos alvos, incluindo grupos de aeronaves, fortificações costeiras e infraestrutura básica".

De acordo com especialistas, essa nova arma nuclear já vinha sendo desenvolvida desde 2015, quando vazaram as primeiras informações sobre um potente torpedo capaz de carregar uma ogiva monstruosa.

Torpedo do Juízo Final Poseidon Russia - Img 2

Hans Kristense, diretor do Projeto de Informações Nucleares da Federação de Cientistas Americanos, afirmou ao 'Business Insider' que o Poseidon é "uma arma insana" que mesmo que não usasse nenhuma energia nuclear já seria absurda.

E recentemente o governo russo liberou um vídeo onde mostra com mais detalhes seu "Torpedo do Juízo Final", que deixou analistas estrangeiros ainda mais preocupados. É, infelizmente parece que o mundo se afasta cada vez mais da paz que tanto desejamos...






Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

Postar um comentário