Meio humano meio macaco - embriões híbridos são criados em laboratório


Meio humano meio macaco - embriões híbridos são criados em laboratório

Um salto muito controverso foi dado pela ciência graças a pesquisadores liderados pelo espanhol Juan Carlos Izpisúa Belmonte, na China. Ele alega que criou o primeiro embrião que é parte macaco e parte humano.

Segundo publicações científicas, o pesquisador geralmente trabalha na Califórnia, mas resolveu fazer essas experiências na China para evitar problemas legais.




A técnica de criação dos genes híbridos consiste basicamente em injetar células embrionárias humanas em embriões de outra espécie. Quando o processo funciona, o resultado é, por exemplo, um embrião de macaco com alguns tecidos ou órgãos que possuem células humanas.

Diferentemente do que poderíamos imaginar, o DNA de cada célula não será uma mistura de genes de macacos e humanos, mas o organismo criado a partir dela terá células das duas espécies.

Em 2017, essa mesma equipe de cientistas já tinha criado um porco com células humanas, mas a experiência não deu muito certo e o embrião não se desenvolveu satisfatoriamente. Agora eles acreditam que tudo deve funcionar melhor devido a semelhança entre humanos e macacos.

Meio humano meio macaco - embriões híbridos são criados em laboratório - Img

Especialistas justificam a importância desse estudo afirmando que novas técnicas genéticas seriam valiosas para futuras descobertas sobre o desenvolvimento de embriões.

Além disso, animais poderiam servir como base para o "cultivo" de órgãos humanos que poderiam ser usados em transplantes, diminuindo a pressão sobre doadores humanos de órgãos.

Como existem pouquíssimos dados revelados sobre essas experiências, não há como saber o que acontece com esses "embriões quimera". A comunidade científica acredita que eles acabam sendo destruídos depois de confirmado o sucesso da experiência,mas será mesmo?...

Caesar Planeta Macacos

De qualquer forma os cientistas envolvidos nas pesquisas não parecem dispostos a desistirem. Em 2017 o Dr. Juan Carlos Izpisúa Belmonte afirmou ao jornal espanhol El País: "A história mostra de novo e sempre que nossos padrões morais e éticos mudam, como o nosso DNA, e o que era eticamente inaceitável ontem, caso permita um salto de desenvolvimento humano, acaba se tornando uma parte essencial de nossas vidas hoje".

Bem, nós só podemos esperar pelo melhor (além de esperar que eles saibam o que estão fazendo)... E você, o que acha dessas experiências que parecem coisa de filme de ficção? Deixe sua opinião nos comentários!





Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários