Frutas mutantes após o desastre nuclear de Fukushima: verdade ou mito?

5 comments

Um site coreano divulgou recentemente imagens que não são nada animadoras, e remetem ao acidente nuclear ocorrido há algum tempo no Japão...

Cerca de dois anos após o desastre nuclear de Fukushima, os resultados indesejáveis (ao que parece) estão começando a acontecer.




Inúmeras frutas, flores, legumes e até animais mutantes foram divulgadas recentemente, mas será que isso é verdade?





O desastre nucelar da usina Daiichi de Fukushima foi desencadeado por um terremoto de magnitude 8,9 em 2011.



O desastre (que custou a vida de 18.500 pessoas) foi o maior desastre nuclear desde Chernobyl, em 1986. Embora nenhuma das mortes foram atribuídas a exposição à radiação, os níveis elevados de radiação foram detectados em águas subterrâneas próximas da usina.



Entre as anomalias observadas nas imagens, podemos ver tomates gigantes aparentemente borbulhando com tumores; nabos de cinco dedos e dois pêssegos que têm crescido em números de oito.



A embaixada japonesa se pronunciou, dizendo que não há provas de que as imagens sejam relacionadas ao desastre de Fukushima, e que de acordo com fiscalizações, a percentagem de peixes com anomalias caiu de 53% após o desastre para 5,4% no começo desse ano.


E você, o quê acha? Será que essas fotos representam o resultado do desastre nuclear de Fukushima?





Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

5 comentários:

  1. Se o governo ficasse quieto na dele ninguém iria se importar, porém a parti do momento em que o governo se mete dizendo que é mentira o mendo inteiro tem certeza de as fotos são reais ...

    ResponderExcluir
  2. Desde que fique maior não tem nenhum problema

    ResponderExcluir
  3. Desde que fique maior não tem nenhum problema. Come esse repolho gigante para ver como o seu próximo filho vai nascer!!!

    ResponderExcluir
  4. E posivél que o que esteja acontecendo seja de fato causado pela radiação núclear. Um unico motivo da minha opnião é que essas mutações não acontecia antes do desastre.

    ResponderExcluir