Antigo eclipse descoberto na bíblia pode mudar história da Terra


Antigo eclipse descoberto na bíblia pode mudar história da Terra - Capa

Sendo tão popular e amplamente difundida, a Bíblia parece já ter sido investigada de ponta a ponta, de forma que a maioria das pessoas acreditariam que ela não guardaria mais grandes segredos... só que não!

Os pesquisadores Colin Humphreys, diretor de pesquisas da Universidade de Cambridge e o astrofísico Graeme Waddington conseguiram encontrar um trecho que estava simplesmente esquecido no livro sagrado dos cristãos.

Antigo eclipse descoberto na bíblia pode mudar história da Terra - Img Biblia antiga

O trecho em questão seria do Livro de Josué (10:12-14): "Então Josué falou ao Senhor, no dia em que o Senhor entregou os amorreus na mão dos filhos de Israel, e disse na presença de Israel: Sol, detém-se sobre Gibeão, e tu, Lua, sobre o Vale de Aijalom. E o Sol se deteve, e a Lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos. Não está isto escrito no livro de Jasar? O Sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro."




O evento em questão teria ocorrido há 3.224 anos, um eclipse anular visível em Canaã entre 1500 e 1050 a.C. que aconteceu no dia 30 de outubro de 1207 a.C., na parte da tarde, sendo o eclipse mais antigo já registrado.

Tal descoberta pode permitir a revisão de datas de eventos da Antiguidade e até mesmo a ajustar os dados atuais sobre a rotação da Terra.

Eclipse

Evidências históricas do evento foram encontradas não apenas na Bíblia, mas também em alguns artefatos completamente não correlatos, como alguns trechos de antigos escritos babilônicos e também em uma placa de pedra conhecida como 'Estela de Merneptá', localizada nas ruínas do templo funerário do Faraó Merneptá (1236 a.C. a 1223 a.C.), em Tebas, no Egito.

Antes pensava-se em um eclipse total, o que não batia com os registros astronômicos, mas agora podemos concluir que o evento foi na verdade um eclipse anular (quando o Sol não é totalmente encoberto, criando um aparente "anel de fogo"), permitindo a sincronização do calendário astronômico de forma mais precisa.

Antigo calendário egipcio

Agora os cientistas acreditam que poderemos, por exemplo, datar o reinado de Ramsés - O Grande e seu filho Merneptá com precisão de aproximadamente 1 ano.

Os resultados do trabalho foram publicados pela Royal Astronomical Society, Astronomy & Geophysics, e agora só temos de esperar que os dados sejam aceitos definitivamente pela comunidade científica.





Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários