7 coisas que você precisa saber antes de usar um banheiro japonês

2 comments
7 coisas que você precisa saber antes de usar um banheiro japonês

Ir ao banheiro deveria ser algo simples, mas no Japão, pode ser um verdadeiro desafio. Muitos estrangeiros que visitam o tradicional país asiático se surpreendem (e às vezes se complicam muito) na hora que precisam usar o toalete...

Os banheiros japoneses realmente podem ser bem diferentes de tudo o que conhecemos, e se você não entende por que um banheiro precisa ser tão complicado, é só pensar por um outro ponto de vista:

7 coisas que você precisa saber antes de usar um banheiro japonês

Lembre-se, por exemplo, que um smartphone não serve apenas para telefonar, sendo usado para muitas outras finalidades! Às vezes até passa despercebido o fato que o celular foi originalmente criado para se fazer ligações...

Assim, um banheiro japonês pode reunir uma variedade de opções e tarefas, se tornando algo muito mais abrangente que apenas um lugar reservado para necessidades fisiológicas! Acompanhe nossa superlista de 7 curiosidades sobre os banheiros no Japão, e se surpreenda:

1- Masculino e Feminino

7 coisas que você precisa saber antes de usar um banheiro japonês - Placas Banheiro Japão
Se você não sabe ler japonês, e achou que poderia ser complicado descobrir a porta certa, não precisa se preocupar muito, afinal no Japão eles costumam seguir regras de sinais bem universais, com placas bem distintas e as tradicionais cores vermelha ou rosa para mulheres e azul ou preto para homens. Alguns locais porém, por estilo ou modernidade, gostam de inovar, e se você tiver dúvidas é melhor tentar perguntar mesmo, afinal se você decidir seguir o exemplo de alguém que entra em determinada porta, e essa pessoa também for um estrangeiro perdido, pode ser constrangedor...




2- Chinelinhos de banheiro

7 coisas que você precisa saber antes de usar um banheiro japonês - Chinelos de banheiro
A cultura japonesa de higiene é bem conhecida, e você já deve saber que eles tiram os sapatos antes de entrar em casa. Pois é, no banheiro vale a mesma regra, e por isso é comum encontrar chinelos exclusivos logo na entrada do banheiro, que devem ser usados apenas lá dentro mesmo. Na saída, deixe-os lá, e não saia contaminando a casa com a sujeira do banheiro! O único problema é que os chinelos normalmente são bem pequenos, e pode ser difícil encaixá-los em seus pés não orientais...

3- Chuveiro baixinho

7 coisas que você precisa saber antes de usar um banheiro japonês - Chuveiros baixinhos
Pode até parecer que são chuveiros de crianças, mas não são! Normalmente os chuveiros japoneses tem regulagem de altura, e podem ser posicionados desde a altura da cintura até aquela tradicional posição que conhecemos acima da cabeça. Mas se você der de cara com um chuveiro baixinho e sem regulagem, repare que deve ter um banquinho por perto. Sim, acontece que é muito comum no Japão tomar banho sentado (até por segurança, para se prevenir quedas), e muitos locais nem dispõem de chuveiros "normais". Nesse caso o jeito é se entregar a uma nova experiência... quem sabe você não se acostuma e até passa a gostar da ideia?

4- Tem gente!!

7 coisas que você precisa saber antes de usar um banheiro japonês - Mapa sinalizado ocupado livre banheiro
A famosa frase gritada a plenos pulmões é desnecessária na maioria dos banheiros públicos japoneses, que normalmente contam com um prático painel (que é um mapa do banheiro) logo na entrada, e sinaliza os banheiros que estão livres com luzinhas verdes ou azuis, e os que estão ocupados com luzinhas vermelhas ou laranjas! Sim, os japoneses têm fama de serem bem organizados, e não poderiam decepcionar nesse quesito também, não é mesmo?

5- Privada ecológica 2 em 1

7 coisas que você precisa saber antes de usar um banheiro japonês - Privada ecologica agua reuso
Sabe aquela água do lavatório que vai direto pro ralo? Com esse vaso sanitário isso não acontece, pois o lavatório fica sobre a caixa de água do vaso, e toda a água será usada depois na descarga! Uma ideia prática e ecológica que é bem popular no Japão!

6- Privada eletrônica

7 coisas que você precisa saber antes de usar um banheiro japonês - Privada eletronica alta tecnologia
Provavelmente você iria gostar, e são tantas opções que até parece um videogame! Os japoneses não se esqueceram de praticamente nada:

  • Se estiver frio para se sentar no vaso, basta ligar o aquecimento do assento do vaso sanitário;
  • Apertando um botão você pode ligar altofalantes que emitem sons para disfarçar barulhos indesejados  do seu intestino (ou outras partes) na hora do "Nº2";
  • Não gosta de usar papel higiênico? Um botão liga uma duchinha higiênica super-eficiente, e se precisar ela tem até função turbo(!), para uma limpeza mais pesada...
  • Para se secar depois da duchinha (ou duchona turbo!), é só apertar outra tecla para ligar o secador de ar quente;
  • Outro botãozinho aciona um aromatizador, para desinfestar qualquer cheiro terrível que porventura tenha sido produzido;
  • Se você só fez xixi, mas deixou respingar no assento, não tem problema: é só ligar um engenhoso sistema de limpeza automática!


E essas são apenas algumas das opções, dependendo do modelo, pode ter muito mais! Difícil mesmo é saber pra que serve cada botão se você não souber ler japonês, e já avisamos logo: você nunca mais vai querer usar um banheiro "normal" depois de usar uma privada modernosa assim!

7- De cócoras

7 coisas que você precisa saber antes de usar um banheiro japonês - Privada de cocoras
Indo de encontro ao vaso sanitário "modernoso", no Japão também é muito comum encontrar um tipo de vaso sanitário que favorece a posição de cócoras. Mas antes de usar uma banheiro assim, saiba que o correto é ficar de frente para a parte mais alta, e não o contrário! É bom lembrar também que, embora essa posição possa parecer mais confortável, ela pode ser bem cansativa para quem costuma passar muito tempo no banheiro...




Gostou? Então curta nossa página no facebook.
Você vai adorar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

  1. A posição de cocoras é a mais correta para se fazer o n.2,então não é preciso ficar muito tempo ali.

    ResponderExcluir